Por que a Olhar Construído   2 comments

As oficinas de fotografia nasceram por acaso – fruto de uma permuta inspirada na troca de saberes e exercícios cotidianos entre as práticas do Tai Chi Chuan e do fotografar.

A continuação foi inevitável, eu já estava impregnada pelo prazer de compartilhar conhecimentos e encantamentos pela imagem, a minha maior forma de expressão.

Os módulos da oficina vem se definindo aos poucos, como resultados das minhas buscas e interesses, entrelaçados às manifestações dos alunos durante os aprendizados. 

Os cursos não são técnicos. Eu compartilho o conhecimento que adquiri em vivências e estudos nas diferentes águas da fotografia: fotojornalismo, documentário e arte. 

Em todos eles – BluePrint, Composição, Pin-hole e Textos Vivenciados – exploro os potenciais da fotografia, que considero rica em possibilidades de expressão pessoal. O processo criativo para a construção da imagem, e as questões objetivas e subjetivas que lhe dão significados e sentido, são o centro e a bússola dos assuntos e práticas que abordo.

É um convite aos alunos a pensarem, sentirem e soltarem o próprio olhar usando as ferramentas e truques da fotografia. O ato de fotografar surge como uma poética própria de quem reconhece os próprios recursos. De quem olha observando. E tem na câmara fotográfica o seu assistente do olhar.

A abordagem dividida em módulos independentes favorece a compreensão e melhor aproveitamento do conhecimento que repasso, favorecendo a grata confirmação de que a técnica serve cada vez mais aos nossos objetivos quando colocamos nela a nossa alma.

As turmas pequenas e o trabalho bastante vivencial favorecem o caminho que proponho para todos os módulos… Que através das sensações e percepções pessoais cada participante construa e manifeste seu universo das imagens.

A influência didática que tenho da artista visual Neide Jallageas e do fotógrafo Miguel Chikaoka é muito clara. No caso da proposta de Chikaoka, pode ser melhor compreendida assistindo-se a fala  dele durante o FestFotoPoA 2011, em Porto Alegre – Brasil.  

Sou Isabella Carnevalle e desde 1997 vivo fotografia.

Sejam Bem vindos!

Isabella 


publicado em 05/02/2011 por Isabella Carnevalle

2 Respostas para “Por que a Olhar Construído

Assinar os comentários com RSS.

  1. Oi Isabella!
    uma amiga me falou sobre seu curso, ela entrou em contato com vc hj, se chama Berenice.
    Tb tenho interesse em Um Olhar Construido e em ComposiçãoII, principalmente Um OLhar Construido.. mas compo acho que um se relaciona com o outro, tenho interesse no que vc fizer primeiro. Tenho disponibiliodades aos sábados.
    Agurado seu retorno.
    Abraço
    Luciane

    luciane persch
    • Oi Luciane,
      Que bom receber teu contato!
      Falei com a Berenice sim, que inclusive sugeriu o Composição II nas segundas, das 19 às 21hs, já que esta oficina não é possível nos sábados nem domingos por ser mais extensa… Te interessa!?
      Bjos,
      Isabella

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: