Arquivo para a Tag ‘Câmera de orifício

Oficina Construa seu Visor de Câmera de Orifício   Leave a comment

Aqui vai um pouco do que foram as oficinas que aconteceram durante o XIV Canela Workshops.

A convite dos queridos Fernando Bueno e Liliana Reid oferecemos a três diferentes turmas de escolas públicas das cidades de Canela e Gramado, RS a vivência de construírem esse aparato que permite enxergarmos como a imagem se forma dentro de uma câmera fotográfica.

Alunos adolescentes e na faixa dos 10 anos saíram do universo automatizado e construíram artesanalmente seus visores de câmera de orifício, unindo história e momentos lúdicos.

Essa prática eu aprendi com o Miguel Chikaoka durante uma oficina oferecida pelo FestFotoPOA e me sinto muito gratificada por estar compartilhando esse aprendizado.

Anúncios

Celso Bessa escreve sobre a Mostra feminino pelo feminino   Leave a comment

Tela da mostra virtual Feminino pelo Feminino, de Isabella Carnevalle

O Feminino pelo Feminino, mostra virtual 3D de Isabella Carnevalle

Por  em
 –  25 / fev

Entre 1998 e 2008, a fotógrafa Isabella Carnevalle fez diversos autorretratos usando câmera de orifício (pinhole). As fotografias deram origem a uma exposição/instalação no Centro Cultural Érico Veríssimo, em Porto Alegre (RS) em 2008, que agora ganha uma versão digital na mostra virtual Feminino pelo Feminino. Saiba mais.

A escolha em 1998 por um dos princípios mais rudimentares da fotografia se mostrou acertada para lidar a busca pela compreensão do feminino que permeia os trabalhos de Isabella Carnevalle. Dada a natureza das pinholes tradicionais, que não permitem que o fotógrafo veja a imagem ao fazer o registro, pode-se imaginar o quanto os autorretratos da fotógrafa exigiram que ela aprendesse sobre si e seu espaço no mundo, atentando para sua postura, seu corpo, suas emoções e sua relação com o que estava à sua volta.

Podemos dizer que para a autora inserir o feminino na pinhole, foi necessário extrair o feminino em Isabella. Uma jornada de auto-conhecimento que podemos acompanhar claramente em suas fotografias.

Múltiplos, primeiro movimento. Foto mais antiga da exposição Feminino Pelo Feminino

Inicialmente inspirada em textos de Clarice Lispector, Feminino pelo Feminino começa com Múltiplos – terceiro movimento, em 1998, mostrando diversas Isabellas e continua por 4 séries de fotografias melancólicas, onde a retratada se funde ora à luz, ora à sombras, sem que posamos vê-la claramente. E se encerra, não por acaso, com um retrato muito mais sucinto e “formal”, Sem Título, em 2008, com Isabella olhando, com uma certa serenidade, por uma janela. Serviu para marcar a conquista daquele ciclo, e também, quase como vaticínio, mostrar as novas direções que a autora e sua fotografia tomariam.

Ainda que jamais seja a mesma experiência que ver as belas fotografias ao vivo em uma instalação, a escolha por fazer de Feminino pelo Feminino uma mostra virtual na internet se mostra mais um acerto da fotógrafa. Mais que uma representação digital do que foi a instalação de 2008, é eco do momento que vivemos, quando o femininismo e o feminimo ganham mais alcance e força em uma sociedade cada vez mais interconectada, e transformando a jornada de individual Isabella em uma jornada coletiva.

Sem Título, o autorretrato de Isabella Carnevalle mais recente na mostra Feminino pelo Feminino

Ao visitar o espaço 3D da exposição — especialmente em tela cheia, à meia luz e ouvindo Nina Simone — não são apenas os retratos de Isabella que vemos, é a “caixa preta” do feminino que se apresenta para nós.

Serviço – Feminino pelo Feminino, de Isabella Carnevalle

  • Mostra virtual no site www.isabellacarnevalle.com.br
  • Exige o uso do plugin Unity Player no navegador
  • Fotografias: Isabella Carnevalle
  • Curadoria: Neide Jallageas
  • Textos: Marcelo Gobatto e Neide Jallageas
  • Design e Desenvolvimento: Roger Machado

fonte: https://www.jornaldafotografia.com.br/dicas/o-feminino-pelo-feminino-mostra-virtual-3d-de-isabella-carnevalle/

Mostra virtual feminino pelo feminino inaugura Agora!   Leave a comment

Isabella_Carnevalle_0001_0026

feminino pelo feminino trata-se de um projeto de instalações fotográficas da artista gaúcha Isabella Carnevalle, que inaugura agora – 24/2  às 19h, – com visitação permanente no endereço www.isabellacarnevalle.com.br . Primeira etapa foi em 2008, com uma exposição física, que agora está numa galeria virtual com recorte diferenciado. São 18 obras – doze inéditas – em preto e branco, produzidas com câmeras de orifício tradicional e digital. Inicialmente inspiradas em textos de Clarice Lispector, os trabalhos estão distribuídas em sete ambientes virtuais em 3D, onde o visitante pode percorre- los livremente e aproximar-se das obras para ver os detalhes. Neide Jallageas, premiada artista Pós Doutora assina curadoria e o professor Doutor Marcelo Gobatto é responsável pelo texto crítico.

%d blogueiros gostam disto: