Dia 11 de fevereiro, aniversário de William Fox-Talbot!   Leave a comment

300px-William_Henry_Fox_Talbot,_by_John_Moffat,_1864

Nascido em 11 de fevereiro de 1800, Talbot usava a câmera escura para desenhos em suas viagens. Homem bastante discreto e de múltiplos conhecimentos, ele foi um dos importantes pioneiros da fotografia, pesquisando a fixação da imagem da câmera escura desde 1834.

Começou suas pesquisas fotográficas tentando obter cópias por contato de silhuetas de folhas, plumas, rendas e outros objetos, mas em 1835 construiu uma pequena câmera de madeira – 6,30 cm², chamada por sua esposa de “ratoeira” – iniciando aí o processo negativo/positivo.

Ele colocava papel de cloreto de prata na câmera e após um longo tempo de exposição – entre meia e uma hora – a imagem negativa era fixada em sal de cozinha e submetida a um contato com outro papel sensível.

Surgia o processo pai dos filmes negativos. A imagem mais conhecida é a da janela da biblioteca de Abadia de Locock Abbey, considerada a primeira fotografia obtida dessa forma.

Talbot publicou The Pencil of Nature entre 1844 e 1846, o primeiro livro comercial ilustrado com fotografias, depois de Anna Atkins, que lançou em 1843 o Photographs of British Algae: Cyanotype Impressions.

Anúncios

Oficina BluePrint com Inscrições abertas, Descontões e Novidades!   Leave a comment

oficina blueprint 2019 Jan FevOlá!

A BluePrint começa 2019 com módulos inéditos de oficinas e inscrições abertas para criarmos juntos novas histórias e provocarmos muitos sorrisos desde janeiro!

Para quem busca encontros curtos ofereço a oficina Revelando Azuis. Quem prefere mais profundidade e a criação de cadernos Blue sugiro De Mãos Dadas Com Anna e quem quiser mergulhar na técnica é só vir para a Imersão No Azul.

Em cada oficina uma proposta, um tempo de duração, diversas datas e horários e diferentes valores. Saiba sobre cada uma e inicie sua inscrição clicando nos títulos acima.

Qualquer das oficinas da BluePrint oferecidas em janeiro e fevereiro, com pagamentos realizados até o dia 07/01/2019, tem 10% de desconto para novos alunos e 15% de desconto para ex-alunos da BluePrint e ex-alunos da Olhar Construído.

A partir de 08/01/2019 até 28/02/2019 novos alunos recebem 5% de desconto e ex-alunos da BluePrint e da Olhar Construído voltam a receber 10% de desconto em qualquer das oficinas oferecidas.

Os pagamentos podem ser feitos via depósito bancário – com mais desconto -, cartões de débito (exceto Banri) ou cartões de crédito.

Dúvidas? Entre em contato através do isabellacarnevalle@gmail.com ou 51 98108 5668 (WhatsApp).

As turmas são pequenas, então não espere para se inscrever de última hora e ainda aproveite os descontos especiais!

Até breve!!!

Isabella

BluePrint em Janeiro e Fevereiro   Leave a comment

Em breve publicarei opções das oficinas, com durações e datas variadas!!!

oficina blueprint 2019 Jan Fev

 

Publicado 26/12/2018 por Isabella Carnevalle em Não categorizado

  Leave a comment

A Curvatura do Olhar  do Carlos Carvalho está nos últimos dias de campanha para virar um grande livro!!!

Vem fazer parte dessa corrente de apoio contribuindo com o que puder… Acessa o link e dá uma espiada em pode você pode participar https://www.kickante.com.br/campanhas/livro-fotografia-curvatura-do-olhar?fbclid=IwAR00qH-pLx8LsM4NRRJ3pe-xoMp7mwo-lYc6E-GTRrE_-WtC94MhQyNNqJE

A imagem abaixo é uma das que fazem parte desse projeto de peso e de lambuja vai com o texto do Carlos contando sobre o que ela representa.

Carlos_Carvalho

As novas gerações de trabalhadores extrativistas, nascidas e crescidas já no ambiente da organização social e política das Reservas Extrativistas no Acre, também participam de projetos de pesquisa para a melhoria da produção. A utilização da técnica do rapel para acessar a copa das árvores e coletar folhas e frutos para análises em laboratórios equipados com tecnologia de ponta faz parte de projetos implantados em alguns seringais. Esta foto, com o Seringueiro se preparando para lançar a linha guia da corda para rapel é no Seringal Nossa Senhora de Fátima, no município de Brasiléia.

Publicado 18/12/2018 por Isabella Carnevalle em Não categorizado

Que tal uma oficina de presente de Natal?   Leave a comment

 

BluePrint JANEIRO e FEVEREIRO2019

Ofereça um presente e tanto para quem você gosta … Azul, muita criação e a deliciosa vivência do universo da Cianotipia!

Saiba mais entrando em contato com Isabella através do isabellacarnevalle@gmail.com ou 51 98108 5668

Filme impactante, forte, sensível… Imperdível!   Leave a comment

Acabei de assistir e compartilho aqui… Mil vezes boa noite

Com a maravilhosa Juliette Binoche, ele traz uma grande reflexão sobre vários assuntos.

Ainda estou impactada… Podemos trocar impressões depois, agora ficarei um pouco mais no silêncio das muitas coisas sentidas…

 

A fotografia entre experimentações poéticas e proposições políticas   Leave a comment

Ciclo de Fotografia - Olhares Intensos

Ciclo de Fotografia – Olhares Intensos

no Centro de Pesquisa e Formação do SESC São Paulo

Programa

Ciclo dedicado à apresentação de quatro diferentes processos de documentação e experimentação fotográfica, desenvolvidos a partir dos trabalhos de Luiz Braga, Eustáquio Neves, Paula Trope, Barbara Wagner e Benjamin de Burca, que concebem distintas formas de leitura e compreensão da realidade histórica, social e cultural brasileira.

Os encontros buscam proporcionar um diálogo entre proposições visuais e poéticas que marcam produções fotográficas radicalmente singulares e intensas.

Desta forma, o ciclo tem por objetivo colocar em discussão as concepções estéticas e políticas que moldam a definição dos aspectos artísticos e documentais registrados pelos trabalhos destes artistas.

17/07 – Memória do Filme: o Trânsito entre Mídias
Desde o final da década de 1980 Eustáquio Neves pesquisa e desenvolve técnicas alternativas e multidisciplinares, manipulando negativos e cópias. Nos últimos cinco anos têm pesquisado as mídias eletrônicas incluindo a sequência e o movimento. Entre outras linhas de interesse aborda temáticas relativas à identidade e a memória da cultura afrodescendente com trabalhos de corte social e crítico, que muitas vezes nos levam a diversos níveis de leituras. Seu trabalho vem sendo amplamente divulgado em várias mostras no Brasil, exterior e tem recebido prêmios e a consagração do público e da crítica.
Com Eustáquio Neves.

24/7 – Percurso do Olhar
As primeiras exposições de Luiz Braga (1979 e 1980) eram compostas de cenas de dança, nus, arquitetura e retratos. Após essa fase, descobre as cores vibrantes da visualidade popular da Amazônia e viaja pela região aprofundando sua pesquisa sobre as cores do universo da periferia. Sua abordagem passa ao largo das visões estereotipadas e superficiais sobre a região e junto com o domínio da cor o transformaram em referência na fotografia brasileira contemporânea.
Com Luiz Braga.

31/7 – Pequenas Histórias dentro da História
Artista visual com ênfase de atuação em Arte Contemporânea, Paula Trope desde o início da década de 90 desenvolve trabalho experimental no campo da imagem técnica, com cinema, fotografia e vídeo. Em suas pesquisas, assume uma postura crítica em relação à própria câmera e à prática artística, estabelecendo complexas relações entre o meio utilizado e os temas e conteúdos enfocados, considerando as características técnicas, formais e institucionais envolvidas.
Com Paula Trope.

7/8 – Terreiro, Palco, Altar: o corpo e a câmera em “Faz que Vai” (2015), “Estás vendo Coisas” (2016) e “Terremoto Santo” (2017)
Nas três obras mais recentes realizadas pela fotógrafa Bárbara Wagner e o artista Benjamin de Burca, novas formas de trabalho são desempenhadas por jovens dançarinos de Frevo, mc’s de Brega e cantores de Gospel, cujos corpos resultam, eles mesmos, através do esforço investido em suas performances, em imagens e vozes produzidos e reproduzidos dentro de uma economia do espetáculo. Nos três casos, é na combustão laboriosa desses corpos que o desejo se torna moeda de troca numa cultura que privilegia o sucesso individual aqui e agora.
Com Bárbara Wagner e Benjamin de Burca.

As inscrições pela internet podem ser realizadas até um dia antes do início da atividade. Após esse período, caso ainda haja vagas, é possível se inscrever pessoalmente em todas as unidades. Após o início da atividade não é possível realizar inscrição.

Condições especiais de atendimento, como tradução em libras, devem ser informadas por email ou telefone, com até 48 horas de antecedência do início da atividade.
centrodepesquisaeformacao@sescsp.org.br / 11 3254-5600

(Foto: Divulgação)

Palestrantes

Eustáquio Neves

Eustáquio Neves

Fotógrafo e vídeoartista autodidata nascido em Juatuba (MG). Graduou-se em química. Vive e trabalha em Diamantina (MG).
(Foto: Acervo Pessoal)

 

Luiz Braga

Luiz Braga

Nasceu, vive e trabalha em Belém (PA). Graduou-se em Arquitetura. Trabalha com fotografia desde 1975.
(Foto: Elaine Braga)

 

Paula Trope

Paula Trope

Vive e trabalha no Rio de Janeiro (RJ). Mestre em Técnicas e Poéticas em Imagem e Som pela USP e doutoranda em História e Crítica da Arte pela UERJ.
(Foto: Fernanda Magalhães)

 

Bárbara Wagner e Benjamin de Burca

Bárbara Wagner e Benjamin de Burca

Vivem em Recife. Desde 2011, a dupla usa videoensaios, fotopesquisas e entrevistas para abordar temas como a mercantilização das práticas coletivas tradicionais e a folclorização da cultura pop nas economias emergentes.
(Foto: Divulgação)

fonte: https://centrodepesquisaeformacao.sescsp.org.br/atividade/ciclo-de-fotografia-olhares-intensos?nocache=1034174536
%d blogueiros gostam disto: